• associacao santiago

Conflito na Europa e o Caminho de Santiago. 5 respostas que você deve saber antes de ir ao Caminho.

Atualizado: 8 de mar.

Oi Peregrinos e Peregrinas! Temos recebido muitas dúvidas sobre o que influencia a situação de conflitos no leste europeu ao Caminho de Santiago.


Antes de tudo, pense em compartilhar este assunto, pois envolve muitas pessoas que andam com as mesmas dúvidas.




Temos grande contato com a Espanha e as regiões do Caminho. E assim um termômetro real do que aproxima os ocorridos recentes com nossa área de atenção, o norte da Espanha.


Claro, perto de uma calamidade como estamos presenciando, nada é mais importante do que querermos a rápida estabilização, poupando vidas, o que é mais importante hoje do que qualquer assunto ou desejo pessoal sobre viajar para a Espanha.


Bem, vamos lá tratar disso então :


1 - O conflito atinge a área geograficamente pensando ?


Res: Existe uma considerável distância entre o que está se passando na fronteira Russia/Ucrânia e a região do Caminho de Santiago. Temos por exemplo, uma mesma distância do Iraque - Espanha . E até era bem mais perto e conectada a Síria e oriente médio por exemplo com a península ibérica ( região de Espanha e Portugal). Assim, historicamente falando, outros conflitos não alteraram demasiado o funcionamento da área . Veja o mapa no inicio da publicação, e o ultimo círculo maior, coloca uma percepção dos conflitos e regiões que historicamente vimos passar nestas últimas gerações.


2 - Valores internos estão aumentando na Espanha ? Albergues, transporte, comida?


Res: Sim. Porém , no momento isso não nos afeta como brasileiros. Na verdade, está havendo um pico de 10% em média de ajustes de valores para cima. O que ocorre é que temos uma valorização dos REAIS que ultrapassa os 10% , então é algo que nosso bolso sente menos. Porém, os valores em EUROS lá tem alguma alteração . Ajustes ficaram em média 10%. É o reflexo de alta de combustíveis fósseis, conflito em inverno, importação e exportação de itens ( cereais e petróleo por exemplo) de alta produção na região.


3 - Viajar , transitar pela imigração está normal para nós brasileiros ?


Res: Até o momento nada está ocorrendo em relação a isso. Lembramos também que quando estamos indo ao Caminho de Santiago, e temos credencial e materiais em concordância com o que vamos fazer lá, temos sempre mais tranquilidade em entrar no país. Até está facilitada em relação aos exames PCR e afins que eram requeridos ( temos um texto sobre isso aqui no site) .


4 - Mas a Europa toda está envolvida de alguma forma com o conflito, certo?


Res: Diria mais, que o mundo TODO está envolvido de alguma forma. Mas , precisamos levar em conta algumas coisas . Primeiro, os refugiados tristemente deixando Ucrânia, tem uma relação estreita com os países de fronteira, uma vez que já foram de mesma pátria alguns, e outros tem raizes culturais muito próxima, o que torna a região um pouco mais auto-suficiente em se re-organizar. E outro ponto chave: O Caminho de Santiago se desenrola em uma região menos visada para movimentos econômicos e migratórios. Peregrinos vão ao norte da Espanha, porém não é um local buscado para refúgio neste tipo de situação.


5 - Devo manter meus planos de Caminho em 2022 ?


Res: Até o momento não existe nada que possa interferir em um nível grave qualquer idéia de estar no Caminho de Santiago. Até devemos lembrar que , o Caminho gera uma integração feroz com outras culturas, de respeito, de reciprocidade, de reconhecimento. O que sabemos é parte da formula da empatia entre os povos. Pense com você mesmo, analise seus sentimentos, com tantas notícias tristes acabamos por puxar o freio de mão de planos já escolhidos.


Esperamos que tudo isso se resolva, não pelo Caminho, mas pelas vidas envolvidas. Vidas . Vidas não se restituem. Paz a todos e um bom Caminho, com muita reflexão, com muita tranquilidade e que voltem com mais ensinamentos de vida!




Guias, crendenciais e vieiras orignais importadas da Espanha... itens peregrinos... Clique aqui e veja mais! Recebemos também a credencial do ANO JACOBEO!

1.147 visualizações0 comentário