• associacao santiago

10 livros para ler antes, durante ou depois do Caminho de Santiago!

Atualizado: Abr 8


"O mundo é um livro e aquele que não viaja lê sempre a mesma página." - Santo Agostinho


Saiba mais também sobre treinar para o Caminho de Santiago aqui

"Livros nos permitem viajar através do tempo, tocar a sabedoria de nossos ancestrais. A biblioteca nos conecta aos insights e ao conhecimento, laboriosamente extraído da natureza, das maiores mentes que já existiram, dos melhores professores, oriundos de todo o planeta e de toda a nossa história, para nos instruir sem nos cansar e para inspirar-nos a dar nossa própria contribuição ao conhecimento coletivo da espécie humana." Carl Sagan

Sabemos que ler nos leva a lugares nunca antes ido, as palavras atiçam a imaginação e a imaginação atiça a nossa vontade de nos colocar nesses lugares, seguem uma lista de livros para se ler antes, durante ou após uma jornada, seja ela ao Caminho de Santiago ou a qualquer caminho que nos traga paz e felicidade, boa leitura!


1. O diário de um mago, Paulo Coelho


O diário de um mago é o relato da peregrinação feita por Paulo Coelho em 1986 pelo Caminho de Santiago. Motivada por sua profunda ambição espiritual e pelo desejo de se tornar escritor, a travessia se transforma em algo maior do que ele imaginava.

Enquanto narra sua jornada mística e as duras lições que aprendeu com o guia Petrus, Paulo entende que o extraordinário não reside em rituais e segredos mágicos, mas na simplicidade e no cotidiano das pessoas comuns.

Além de descrever as paisagens e os perigos que encontra ao percorrer 700 quilômetros entre o sul da França e a Espanha, o autor recorda a história dos cruzados e de figuras religiosas marcantes que passaram pelo lugar. Também nos mostra que, embora nem tudo esteja claro para nós, é preciso aceitar os mistérios do mundo e nunca abandonar o Bom Combate.

As descobertas feitas no Caminho de Santiago mudaram a vida de Paulo Coelho para sempre e lhe forneceram um material valioso, que acabou se tornando seu primeiro grande sucesso editorial. Ao mesmo tempo um conto de aventura e um guia para o autoconhecimento, este livro oferece uma combinação perfeita de encantamento e reflexão.


Onde tem online o Diário de um Mago ? Clique aqui!


2. O Guia do Viajante do Caminho de Santiago, de Daniel Agrela



Uma das peregrinações mais famosas do mundo, o Caminho de Santiago da Compostela atrai milhares de viajantes dispostos a percorrer todos os seus 800 quilômetros. Mas esta definitivamente não é uma viagem para ser feita sem preparação – é um projeto.

Da lista, este livro talvez tenha o formato mais convencional de todos quando falamos de “livro de viagem”. Com intenção de preparar o caminhante de todas as formas, é um verdadeiro guia prático – com dicas do que levar, de onde ficar, o que fazer, as diferentes rotas existentes, cuidados durante a caminhada, os custos e até de como cuidar dos ferimentos no pé.

Dividido em três partes (Orientação, Preparação e Direcionamento), a obra traz instruções detalhadas para cada etapa do Caminho, com diferentes níveis de dificuldade, e aborda, além dos preparativos físicos, o preparo emocional antes e durante o trajeto.

O guia do viajante do Caminho de Santiago é uma opção prática, recheada de informações importantes, mapas e imagens para quem está se preparando para (ou pretende) aventurar-se pelo Caminho.

Onde tem online O guia do viajante do Caminho de Santiago



3. A Arte da Peregrinação, de Phil Cousineau



A peregrinação é um ato sagrado, mas não necessariamente religioso. A afirmação é do escritor Phil Cousineau, que nesta obra estimula o leitor a fazer viagens mais significativas – que o toquem profundamente, tragam aprendizados e o transformem de alguma forma.

Através de suas histórias pessoais por cinquenta países, o autor reflete sobre o ato de peregrinar e da importância das jornadas para o ser humano. A ideia é inspirar viajantes a ir além de uma viagem comum e criarem sua própria peregrinação, a um lugar que tenha um significado especial. O importante é a transformação: voltar um pouco diferente de quando partiu.


Onde tem online A arte da peregrinação


4. Diários de Bicicleta, de David Byrne


Adepto da bicicleta muito antes dela ser considerada algo cool, o ex-vocalista da banda Talking Heads nos leva em longos passeios por várias cidades, faz reflexões sobre o uso da bike como meio de transporte e suas implicações, tanto em nossa saúde quanto na infraestrutura dos centros urbanos.

Cada capítulo de Diários de Bicicleta conta as experiências e aventuras de Byrne sobre duas rodas em cidades como Nova York, Manila, Buenos Aires, Sydney e Berlim. Neles, o autor aborda questões sobre música, história, arte, filosofia, política, urbanismo e, junto a tudo isso, argumentos lógicos a favor do uso das magrelas.

Você definitivamente não precisa ser um adepto da bicicleta para gostar do livro, mas poderá repensar tal ideia quando chegar na última página.

Onde tem online Diários de Bicicleta


5. A Estrada Dá Tudo que Você Precisa, de Mirella Rabelo e Rômulo Wolff


O casal Mirella e Rômulo são famosos no Youtube por compartilharem seu estilo de vida excêntrico: os dois moram em um motorhome (um camper na caçamba de uma pick-up) e viajam mundo afora há mais de três anos.

O livro conta as vivências dos dois pela estrada – dos privilégios aos perrengues – e dá dicas para quem quer seguir um estilo de vida parecido, ou mesmo fazer uma longa viagem de carro. Com tom leve e descontraído, "A estrada dá tudo o que você precisa" é para ser lido em uma sentada. E não será muito difícil se inspirar pela história: ao detalhar uma vida nômade, o casal desperta um senso de coragem e aventura – e pode até despertar a vontade de largar tudo e cair na estrada!

Onde tem online A estrada dá tudo que você precisa



6. Travels, de Michael Crichton



Autor consagrado de ficção científica, responsável por clássicos como Jurassic Park e O Enigma de Andrômeda, Crichton escreve uma autobiografia com foco em suas viagens – das literais, ao redor do mundo, às internas, por dentro de si mesmo.

O livro tem em alguns momentos uma pegada reflexiva, ao discutir os aprendizados pessoais do escritor, sua espiritualidade, suas fraquezas e defeitos. Travels é um relato realista do seu ponto de vista – e de como ele foi transformado pelas viagens que fez.

Com uma escrita direta e despretensiosa, o autor é capaz de nos transportar ao seu mergulho com tubarões no Taiti, à sua escalada pelo Monte Kilimanjaro e ao Himalaia ou à sua busca por gorilas em Ruanda.

Michael Crichton é motivado a conhecer lugares diferentes (da Papua Nova Guiné, à Tailândia, Jamaica e Tanzânia) principalmente para ter contato com pontos de vistas distintos e se distanciar da visão de mundo eurocêntrica ou americanizada. Sua percepção pessoal e do outro é alterada por esses choques culturais – uma das razões de suas jornadas internas.

Em tempo: a obra está disponível somente em inglês.

Compre agora Travels



7. Lugares Distantes: Como Viajar Pode Mudar o Mundo, de Andrew Solomon



Coletânea de ensaios, nos quais Andrew Solomon, autor do best seller O Demônio do Meio-Dia, relata suas histórias de viagem e faz observações sobre 83 países do mundo – e também sobre o próprio ato de viajar e conhecer novas culturas.

Lugares distantes são muito mais do que um conjunto de relatos. Com olhar perspicaz, o autor analisa os destinos para além do ponto de vista turístico: ele os vê em sua totalidade, com ramificações sociais, políticas e econômicas. Uma parte muito importante das histórias são os personagens, pessoas comuns que servem de ponto de partida para entendermos o contexto do lugar.

O autor também disserta sobre a ideia de empatia durante toda a obra. Para ele, conhecer culturas diferentes é uma forma de combater a ignorância e a intolerância. E viajar muda como nós encaramos os outros e a nós mesmos.

Onde tem online Lugares distantes: Como viajar pode mudar o mundo

8. Viajando com Charley, de John Steinbeck



Com 58 anos, o vencedor do Nobel de Literatura John Steinbeck decide viajar pelos Estados Unidos, país que acreditava não conhecer mais, para então redescobri-lo.

Junto de seu poodle Charley e a bordo do caminhão (e casa) Rocinante, o autor percorreu o país de leste a oeste durante três meses, de Nova York à Califórnia, atravessando no caminho estados do norte, sul e meio-oeste estadunidense, em uma tentativa de fugir de sua zona de conforto. Foram 16 mil quilômetros pelas estradas americanas.

A obra é um diário de viagem, mas é também um retrato dos Estados Unidos da década de 1960. O escritor nos põe na estrada junto a ele por seus detalhes, da descrição de cenários esplendorosos às histórias das pessoas que cruzaram seu caminho. Com um olhar bem humorado, nostalgia e um tom de criticidade, Viajando com Charley reúne memórias e impressões de Steinbeck sobre a vida americana – especialmente de pessoas comuns e da classe trabalhadora.

Onde tem online Viajando com Charley


9. Viajar: Eu Preciso!, de Mayke Moraes



Desapegado e inquieto, o mineiro Mayke Moraes decidiu sair do lugar comum e partiu em um mochilão

por 54 países, entre eles Coréia do Sul, Cuba, Bósnia-Herzegovina, Egito e Israel. O livro é um compilado das vivências do autor e detalha as aventuras, descobertas, imprevistos, decepções e surpresas que ele experienciou durante os meses de viagem. Durante esse tempo, Mayke trabalhava até juntar dinheiro suficiente para seguir ao próximo destino.

Ele conta que chegou a trabalhar como garçom, camareiro e entregador de jornal para bancar sua jornada. Por essas experiências, o autor reforça a ideia de que não é preciso ser um milionário para conhecer o mundo – e ainda dá várias dicas de como fazer uma viagem low cost.

Compre agora Viajar: eu preciso!



10. Mar Sem Fim, de Amyr Klink



Outro livro desta lista que relata uma viagem extraordinária. O brasileiro Amyr Klink, a bordo de um veleiro, embarca sozinho em direção a uma viagem de volta ao mundo, 360º pela Antártida. Conhecida como Convergência Antártica, o trajeto é um dos mais inóspitos e não convidativos do mundo: são milhares de quilômetros de águas geladas, mar agitado, vento forte e nenhuma terra à vista.

Amyr foi a primeira pessoa do mundo a completar esse caminho e a tarefa não foi fácil. Foram 141 dias no mar e mais de dezoito mil milhas navegadas, desde Paraty, no Rio de Janeiro. Durante o percurso, o autor narra de forma bem realista o seu céu e o seu inferno. De um lado, uma rotina cansativa, solitária, apavorante. De outro, as belezas naturais exóticas, lugares fascinantes, os animais marinhos, a liberdade.

Mar sem fim é um relato bonito e inspirador de uma viagem solo. O novo, o diferente e o desconhecido são elementos que permeiam toda a obra – e incentivam o leitor a sair de sua zona de conforto. Não será difícil ter vontade de sair velejando ao terminá-lo.

Onde tem online Mar sem fim







2,762 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Whatsap 11-96066 3308

©2019 Ass.Amigos do Caminho de Santiago.